O dia em que vi Pelé jogar à beira do gramado!

Imagem do WhatsApp de 2024-02-21 à(s) 19.01.57_d6ec4d75

Por Edson Ferracini

No longínquo 16/05/1965 – eu tinha 10 anos – assisti aquele 11 a 1 do Santos em amistoso contra o Grêmio Maringá no Willie Davids, lendário estádio da Cidade Canção.

Houve venda de ingressos em cadeiras enfileiradas ao redor do gramado. Meu saudoso pai, Dom Ferracini, comprou aqueles lugares especiais para nós dois.

O porquê de tão elástico placar tem uma versão pouco conhecida que me foi contada pelo centroavante Edegar, autor do gol do Grêmio, numa roda de cerveja no clube AREL em Londrina.

Edegar, sogro de um amigo do tênis aqui da Filha de Londres”- molhando as palavras com uma cervejinha – nos brindou com histórias/estórias deliciosas sobre o populário do mundo da bola daquela época.

No jogo em questão Pelé estava com um pequeno desconforto muscular e a diretoria do time praiano só garantia sua presença na condicional de que não podia chegar duro no “ômi”

Disse o craque do Grêmio:

“Imaginem o amistoso sem ele com os ingressos todos vendidos? Veio a ordem do vestiário que não podia encostar no Rei. No pau já não dava pra marcar…chegando mole então?” E continuou:

“Quando Pelé foi substituído, no começo do segundo tempo, estava 4 a 1 com 2 gols dele. No seu lugar entrou Toninho Guerreiro com uma sede danada e fez mais 3. Daí entrou Abel no lugar do Pepe e fez mais 2… e por aí foi até chegar nos 11.”

Só lembrando que o Grêmio tinha um timaço de bola. Esse mesmo time foi Bi Campeão paranaense 1963/64 e 2 vezes vice – 1965/67.

Oito meses depois do 11 a 1, no dia 13/02/1966, o Grêmio em novo amistoso no Willie Davids – venceu a seleção da União Soviética por 3 a 2.

A seleção bolchevista, 5 meses depois, foi quarta colocada na Copa do Mundo, perdendo na semifinal para a Alemanha de Franz Beckenbauer por 2 a 1.

Na disputa pelo terceiro lugar também foi derrotada por 2 a 1 pela seleção portuguesa de Euzébio – que havia eliminado o Brasil de Pelé.

A história – ou seria estória – do centroavante do glorioso Gremio Esportivo Maringá para mim tem fundamento. Eu acredito. hehe…

Ah! Quando Edegar fez o gol do Grêmio o placar estava em 2 a 1 e ele era o maior artilheiro do Paraná.

Compartilhe

Escrito Por

Leia Também

Conselheiros do Londrina aprovam SAF com Squadra Sports

Na manhã deste sábado (20), em Reunião Extraordinária realizada na sede administrativa do Estádio Vitorino...

Paris 2024: Brasil busca vaga no revezamento misto da macha atlética

A seleção brasileira de atletismo disputa neste domingo (21)  o Mundial de marcha atlética por...

LEC Bristlebacks vence e lidera Paranaense

Por Mateus Dias No último Domingo, a equipe do LEC Bristlebacks, escreveu mais um capítulo...

Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEC TV

Londrina x Coritiba - Melhores momentos
Londrina x Coritiba - Melhores momentos
07:33