Paola Reis garante vaga olímpica ao Brasil no ciclismo BMX feminino

20230520205226-2

O Brasil chegou a 21 vagas confirmadas na Olimpíada de Paris, em quatro modalidades. A conquista mais recente veio neste sábado (20), graças à medalha de ouro de Paola Reis no Campeonato Pan-Americano de Ciclismo BMX, disputado em Riobamba (Equador), que garantiu ao país um lugar na prova feminina dos jogos da capital francesa, no ano que vem.

A baiana de 23 anos teve, no pódio, a companhia da paulista Priscilla Stevaux, medalhista de bronze. A prata ficou com a canadense Molly Simpson. A também paulista Maitê Naves acabou a prova em nono lugar.

“É muito satisfatório conseguir ser campeã pan-americana em um ano pré-olímpico, com todos os atletas tentando somar pontos no ranking mundial e também em busca da tão sonhada vaga olímpica. Estou muito feliz pelo resultado e por ter conseguido assegurar a participação do BMX feminino brasileiro em Paris 2024″, comemorou Paola, em declaração reproduzida no site da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC).

A vaga conquistada pela baiana pertence ao país, não à ciclista. Além disso, o primeiro critério de classificação olímpica é o ranking mundial por nações, que fecha em 2 de junho de 2024. Os dez primeiros asseguram lugares nos jogos. O Brasil atualmente é o sétimo no BMX feminino, o que já garantiria uma atleta brasileira em Paris. Nesse caso, a vaga obtida no Pan não será considerada extra.

Entre os homens, o Brasil ficou fora do pódio em Riobamba, com Pedro Queiroz obtendo o melhor resultado, com o nono lugar, seguido por Guilherme Ribeiro, enquanto Bruno Cogo terminou a prova na 12ª posição. A vitória foi do norte-americano Larsen Kamren, com os colombianos Carlos Alberto e Angel Santiago levando, respectivamente, prata e bronze. O país está em nono no ranking olímpico do BMX masculino e teria direito a uma vaga em Paris se a lista fechasse hoje.

Além do BMX feminino, o Brasil assegurou lugar em Paris no futebol feminino (18 vagas), no tiro esportivo (uma) e no surfe (uma, que pertence a Tatiana Weston-Webb). Há ainda dois atletas com índice para representar o país no atletismo: Daniel Nascimento (maratona) e Caio Bonfim (marcha atlética). Nos Jogos de 2021, foram 302 brasileiros competindo em Tóquio, que retornaram dos Jogos na capital japonesa com 21 medalhas (sete de ouro, seis de prata e oito de bronze).

Da Agência Brasil

Compartilhe

Escrito Por

Leia Também

Futsal feminino do LEC perde na estreia do Paranaense

A equipe do Londrina Futsal Feminino enfrentou na noite desta quarta-feira (17), no Ginásio Unopar/...

Dorival Jr x Carpini. O tratamento diferente da mídia

Po Edson Ferracini O futebol enquanto metáfora da vida entrega cabeças numa bandeja às “feras...

Conselheiros do Londrina aprovam SAF com Squadra Sports

Na manhã deste sábado (20), em Reunião Extraordinária realizada na sede administrativa do Estádio Vitorino...

Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEC TV

Londrina x Coritiba - Melhores momentos
Londrina x Coritiba - Melhores momentos
07:33