Morre Jair Bala, o técnico do Londrina na histórica Taça de Prata de 1980

32

Morreu hoje à tarde o ex-técnico Jair Bala, aos 79 anos. Como jogador ele está no panteão dos melhores que já vestiram a camisa do América Mineiro. Também jogou pelo Flamengo, Cruzeiro, Santos e Palmeiras. Mas, para o torcedor do Londrina Esporte Clube ele sempre será lembrado como o técnico comandou o Tubarão Esporte Clube na histórica campanha da Taça de Prata, sangrando-se campeão pelo alviceleste.

Ele sofreu um AVC e estava em coma há um mês em um hospital da capital mineira.

Natural de Cachoeiro do Itapemirim (ES), Jair Bala foi campeão mineiro invicto pelo Coelho em 1971. Pelo América, fez 78 gols em 91 jogos com a camisa alviverde vestida por ele entre 1964 e 1965 e, depois, entre 1970 e 1972. Jair Bala é o 6º maior artilheiro de todos os tempos do Coelho.

Após pendurar as chuteiras em 1973, Jair Bala virou treinador. Como técnico comandou várias equipes mineiras, mas teve seu ápice em 1980, sendo campeão brasileiro da Segunda Divisão (a Taça de Prata), como treinador do Londrina.

O técnico tinha seu jeito bem peculiar de conversar e trabalhar com seus atletas. Vários jogadores comentaram que Jair Bala tinha seu lado “boleiro”, mas como de um ex-jogador. Ele participava de rachões e também das concentrações nas vésperas de jogos.

Em entrevista ao portal do LEC, no começo do ano, o atacante Paulinho comentou que a chegada do treinador ajudou na formação daquele time que ficou para a história do Londrina Esporte Clube. “A chegada do Jair Bala, um cara conversador, ele ainda vivia o futebol, ele jogou muito, ouvi falarem muito dele e passou muitas coisas importantes para a equipe e o time foi se formando e fechando como uma família”, destacou o Canhão de Pinhal, como era conhecido o atacante.

Naquela final, em 1980 o Tubarão goleou o CSA, por 4 a 0, no Estádio do Café, tornando-se campeão da Taça de Prata – equivalente à Série B do Campeonato Brasileiro.

Foi a maior conquista do clube em seus 66 anos de fundação. Feito que está registrado na camisa alviceleste com a estrela prateada acima do símbolo. Ela passou a ser usada oficialmente já no Paranaense daquele ano e está presente até hoje.

Naquele ano 64 equipes participaram da competição.

A final da Taça de Prata de 1980 foi disputada em duas partidas. No jogo de ida, em Maceió, Londrina e CSA empataram por 1 a 1. Paulinho abriu o placar para o Tubarão, e Dentinho deixou tudo igual para o Azulão.

No jogo de volta, mais de 36 mil torcedores estiveram no Estádio do Café para acompanhar a decisão. Comandado pelo técnico Jair Bala, o Londrina foi escalado com Jorge; Toninho, Gilberto, Fernando e Zé Antônio; Vanderlei Paiva, Lívio Vieira e Everton; Zé Dias, Paulinho e Nivaldo. André e Zé Roberto entraram ao longo do jogo.

Compartilhe

Escrito Por

Leia Também

LEC Bristlebacks vence e lidera Paranaense

Por Mateus Dias No último Domingo, a equipe do LEC Bristlebacks, escreveu mais um capítulo...

Conselheiros do Londrina aprovam SAF com Squadra Sports

Na manhã deste sábado (20), em Reunião Extraordinária realizada na sede administrativa do Estádio Vitorino...

Maringá se reforça para a Série D

O zagueiro Luis Fernando, ex Monte Azul, chega ao Tricolor por empréstimo para a disputa...

Deixe seu comentário!

Um comentário

  1. Walace Soares de Oliveira

    Ouvi no Rádio o jogo, depois assisti nos gols do Fantástico. Inesquecível a cena do Carlos Alberto Garcia pulando e beijando a taça. Aliás, o primeiro título nacional do nosso grande LEC. Não sei se é o maior público do Estádio do Café, mas veio gente de muito longe assistir rsrsrs. Saudade dos tempos de glória do Tubarão.

  2. Walace Soares de Oliveira

    Assisti alguns treinos dele futebol raiz, fala mansa, mas dava para ouvir as broncas no estádio vazio nos coletivos. E os jogadores o respeitavam muito. Nem sei se dá mais pra assistir treinos hoje. Bons tempos.

  3. Walace Soares de Oliveira

    Tinha certeza que era o Carlos Alberto Garcia rsrsrs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEC TV

Londrina x Coritiba - Melhores momentos
Londrina x Coritiba - Melhores momentos
07:33