Instituto Roberto Miranda disputa Série B do Brasileiro Feminino de Goalball

Instituto-Roberto-Miranda-serie-B-Goalball-futebol-para-cegos-div-1

do N.Com

Entre a próxima terça-feira (24) e o próximo sábado (28), as atletas da equipe londrinense Instituto Roberto Miranda (IRM) disputam a Série B do Campeonato Brasileiro de Goalball Feminino no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

Essa é a primeira vez que o IRM participa do Brasileiro Feminino, e nesta edição a competição reunirá oito times, divididos em dois grupos com quatro equipes cada. Todas as agremiações jogarão entre si e as duas melhores de cada grupo avançarão para as semifinais, sendo que a equipe campeã conseguirá o acesso para a série A do campeonato em 2024. As partidas terão transmissão ao vivo no YouTube, através do canal Super Camisa 10.

Foto: divulgação

Criado em 2007, o time feminino do Instituto Roberto Miranda interrompeu seus trabalhos em 2011, e voltou à ativa no fim do ano passado. Em 2023, as atletas londrinenses venceram o Campeonato Paranaense, em agosto, e haviam sido vice-campeãs do torneio Regional Sul, em maio, conquista que garantiu a elas a classificação para a série B do Brasileiro.

A equipe treina três vezes por semana na quadra do IRM, porém, desde a última terça-feira (17), as atletas vêm realizando suas práticas todos os dias, das 10h às 11h30 e das 15h30 às 17h30, como preparação para o Brasileiro.

De acordo com o técnico do time, Márcio Rafael da Silva, a equipe tem boas expectativas para o campeonato. “Nosso projeto é de longo prazo, e muitas das atletas ainda são jovens, tendo começado a treinar no ano passado ou mesmo neste ano. Apesar disso, já tivemos ótimos resultados em 2023, e esperamos ter um grande desempenho na competição, para quem sabe avançarmos até as semifinais”, disse.

Foto: divulgação

Na sequência do Campeonato Brasileiro, o time competirá, em novembro, nos Jogos Abertos Paradesportivos (Parajaps), que serão em Foz Iguaçu. Os Parajaps também terão a participação da equipe masculina do Instituto Roberto Miranda, que recentemente obteve a terceira colocação na série A do Campeonato Brasileiro – melhor desempenho de uma equipe paranaense na competição nacional.

As equipes de goalball do Instituto Roberto Miranda contam com patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), gerido pela Fundação de Esportes de Londrina (FEL).

Sobre o esporte – Voltado exclusivamente para pessoas com deficiência visual, o goalball é jogado em uma quadra com as mesmas dimensões das de vôlei (9m de largura por 18m de comprimento). As partidas são realizadas em dois tempos de 12 minutos, com três minutos de intervalo, e cada equipe conta com três jogadores titulares e três reservas.

De cada lado da quadra, há um gol com 9m de largura e 1,30m de altura. Os atletas são, ao mesmo tempo, arremessadores e defensores. O arremesso deve ser rasteiro ou tocar pelo menos uma vez nas áreas obrigatórias, com o objetivo de balançar a rede adversária.

A bola, que tem 76 cm de diâmetro e pesa 1,25 kg, tem um guizo em seu interior para que os jogadores saibam sua direção.

Compartilhe

Escrito Por

Leia Também

Londrina vence o "Zequinha" e sobe na tabela da Série C

Por Rodolpho Pinduca O Londrina Esporte Clube foi a Porto Alegre e venceu, hoje, por...

Alcaraz vence o Aberto da França

O espanhol Carlos Alcaraz foi obrigado a suar, mas conquistou seu primeiro título do Aberto...

Maringá Futebol Clube vence a Inter de Limeira por 1 a 0 no WD

Jogo marcou a 100ª partida do goleiro Dheimison com a camisa do Dogão O Maringá...

Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEC TV

Londrina x Coritiba - Melhores momentos
Londrina x Coritiba - Melhores momentos
07:33