Goleada derruba: Quase um record, Carille é demitido após 21 dias no Atlhetico

Goleada derruba: Quase um record, Carille é demitido após 21 dias no Atlhetico

Deu ruim para o técnico Fábio Carille. Ele ficou apenas 21 dias comandando o Athletico Paranaense.

Ontem ele foi demitido depois da derrota sofrida por 5 a 0 para o The Strongest, na Bolívia, pela quarta rodada da Libertadores. O resultado deixou o Furacão na lanterna do Grupo B, mas dependendo apenas de seus próprios resultados para avançar às oitavas de final.

O treinador postou uma mensagem no Instagram e admitiu surpresa com a demissão ainda em território boliviano. “Saio triste por não ter este tempo para colocar o nosso trabalho em prática, mas de cabeça erguida por trabalhar ao máximo e respirar o clube em toda e qualquer oportunidade que tivemos. Obrigado, Athletico, pela oportunidade de estar aqui e ao torcedor por estar ao nosso lado nos jogos em casa”, escreveu.

Em apenas 21 dias de trabalho, Carille comandou o Rubro-Negro em sete partidas. Foram três vitórias – 1 a 0 sobre o The Strongest, na Libertadores, 5 a 2 contra o Tocantinópolis, pela terceira fase da Copa do Brasil, e 1 a 0 diante do Flamengo, no Campeonato Brasileiro – e quatro derrotas – Atlético-MG e América-MG por 1 a 0, no Brasileirão, Libertad por 1 a 0 e The Strongest por 5 a 0, na Libertadores.

A tendência é que o auxiliar Maurício Souza seja o técnico interino na próxima partida do Athletico. O Rubro-Negro volta a campo já no próximo sábado (07), às 20h30, para enfrentar o Ceará, na Arena da Baixada, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

CONFIRA A DECLARAÇÃO DE FÁBIO CARILLE SOBRE A DEMISSÃO DO ATHLETICO

Na última terça, após uma derrota dolorida para todos nós na Libertadores, que não poderia de forma alguma ter acontecido, fui surpreendido com a minha demissão do comando técnico do Athletico. Cheguei ao clube no dia 13 de abril e fiz questão de começar a trabalhar imediatamente, pois sabia que seria pouco tempo de treino para muitos jogos importantes. Infelizmente, 21 dias depois, o nosso projeto se encerrou. Vim ao clube empolgado para trabalhar, organizar essa equipe que pode render muito mais, porém não houve tempo para isso. Foram 21 dias e 7 jogos. Outros 7 dias foram para treinos de jogadores que não atuaram e recuperação aos que atuaram. Os outros 7, treino pré-jogo, que chamamos de “apronto”, no qual você faz tentativas de organizações, sem tempo para repetições e trabalhos específicos. Saio triste por não ter este tempo para colocar o nosso trabalho em prática, mas de cabeça erguida por trabalhar ao máximo e respirar o clube em toda e qualquer oportunidade que tivemos. Obrigado, Athletico, pela oportunidade de estar aqui e ao torcedor por estar ao nosso lado nos jogos em casa. Até mais!

Escrito Por

Leia Também

Tênis: Bia Haddad conquista o WTA de Birmingham

A brasileira Bia Haddad conquistou, na manhã deste domingo (19), o WTA 250 de Birmingham...

Vasco vence, mas quem jogou muito foi o Londrina

Sabe aqueles jogos que você fica pensando: bem que poderia ter sido diferente? Pois é....

Fim de semana tem Paranaense de Paraquedismo

Neste fim de semana, dentro da programação da Etapa Norte dos Jogos de Aventura e...

Deixe um comentário

{{ reviewsTotal }} Review
{{ reviewsTotal }} Reviews
{{ options.labels.newReviewButton }}
{{ userData.canReview.message }}

VEC TV

Destemidos de Azul e Branco, a história de quem faz a história do Londrina Esporte Clube
Destemidos de Azul e Branco, a história de quem faz a história do Londrina Esporte Clube
39:46