E no dia do goleiro, o do Londrina entrega a rapadura no Mineirão

E no dia do goleiro, o do Londrina entrega a rapadura no Mineirão

Como diz aquele velho ditado, tem dia que parece é que só de noite. Confesso que nem sei se esse ditado existe, mas está valendo.

Ontem o Londrina Esporte Clube perdeu por 1 a zero para o Cruzeiro, no Mineirão, pelo Brasileirão da Série B.

Em um dia normal, nada de estranho pois o time mineiro, mesmo não estando nos seus melhores momentos – já foi campeão brasileiro algumas vezes e duas da Libertadores -, fez um bom investimento para a disputa da Série B, estava jogando em casa e teve as principais oportunidades de gol.

Porém, o Londrina, dentro de sua proposta de jogo e com um elenco mais modesto, vinha jogando bem, encarando o adversário e até demonstrando em alguns momentos que poderia sair de campo com uma vitória ou um empate.

Aí entrou em campo o Sobrenatural de Almeida – personagem criado pelo escritor e jornalista Nelson Rodrigues para explicar derrotas inexplicáveis do Fluminense nos anos 50 e 60.

Desta vez o Sobrenatural de Almeida vestiu a camisa do Londrina. Aliás, a do goleiro Mateus Nogueira, que vinha jogando bem com boas defesas e tal.

Aos 20 minutos do segundo tempo, naquelas saídas de bola modernosas – que com alguma frequência promovem desastres – o zagueiro inicia a jogada na pequena área e passa para o goleiro que está a pouco mais de um metro de distância.

Pois bem, foi assim. O zagueiro poderia ter mandado a bola para fora de sua meta, mas passou a bola para Nogueira que estava ao seu lado. Dois atacantes do Cruzeiro vigiavam a ação no limite da grande área esperando um mero deslize. E houve um deslize. O pé de Nogueira, não tão firme como a famosa árvore, deslizou, escorregou, e ele caiu para seu próprio desespero e para a incontida alegria do atacante Edu que viu a bola chegar aos seus pés empurrada pelo goleiro. Sem ser fominha, tocou para trás e Luvanor se encarregou de empurrar para o gol.

Um a zero. Um lance fortuito. Três pontos a menos. Mais uma derrota.

No dia do goleiro que será inesquecível para a torcida do Londrina e, em especial, para Mateus Nogueira.

Escrito Por

Leia Também

Sul-Americano de Capoeira em Londrina

Londrina vai sediar, em 2023, os campeonatos Brasileiro e Sul-Americano de Capoeira. São previstos, para...

Fim de semana tem Paranaense de Paraquedismo

Neste fim de semana, dentro da programação da Etapa Norte dos Jogos de Aventura e...

Galo mostra quem é que manda e bate Flamengo no Mineirão

Graças a gols de Nacho Fernández e Ademir, o Atlético-MG venceu o Flamengo por 2...

Deixe um comentário

{{ reviewsTotal }} Review
{{ reviewsTotal }} Reviews
{{ options.labels.newReviewButton }}
{{ userData.canReview.message }}

VEC TV

Destemidos de Azul e Branco, a história de quem faz a história do Londrina Esporte Clube
Destemidos de Azul e Branco, a história de quem faz a história do Londrina Esporte Clube
39:46