Alexandre Gallo sai ou fica? É a solução?

gallo

Nas midias sociais, jornalistas que são setoristas do Londrina Esporte Clube afirmam que o técnico Alexandre Gallo não comanda mais o Londrina. Até ontem à noite o gestor Sérgio Malucelli não tinha falado nada sobre demissão.

Nas próximas horas virá a confirmação ou não.

Alexandre Gallo, que foi um volante vigoroso, se impunha frente aos adversários. Pelo seu estilo, fez grandes campanhas pelo Santos, São Paulo, Atletico Mineiro, Botafogo, Corinthians e outros mais.

Mas, como técnico, o sucesso ainda está longe de se consolidar. Foi campeão pernambucano pelo Sport Recife, em 2007. Em 2008 foi campeão catarinense com o Figueirense. Depois disso, perambulou por diversos times.

Em Londrina ele chegou após fazer um trabalho razoável no Cianorte. Mas desde que vestiu a camisa de comandante do Tubarão parece não ter empolgado a torcida e nem os jogadores.

É certo que o tempo de trabalho ainda é pequeno. Ele assumiu dia 14 de março período em que o Londrina ainda estava contratando baldes de jogadores.

Mas é uma realidade também que quase dois meses depois, não dá para identificar o que ele deseja para o Londrina. Ontem, por exemplo, no jogo contra o Atlético Goianiense, o gol do time da casa saiu em uma jogada ensaiada. O escanteio foi cobrado bem curtinho. O jogador que recebeu a bola lançou para Renato que correu para dentro da área, sem qualquer marcação, e deu uma cabeçada forte para o gol de Nenequinha. O técnico do time goiano, Alberto Valentin, estava estreando. E estreou com gol de jogada ensaiada. Entendeu?

A vitória contra o ABC, na abertura da competição, chegou a dar um alento para o torcedor. Apesar de ter jogado mal, o Londrina conseguiu arrancar um ou outro aplauso. Mas parecia claro para quem assistiu o jogo de que se o Tubarão sofreu horrores para vencer um dos candidatos ao rebaixamento, o ano seria difícil, o que se comprovou nas partidas seguintes.

Quem convive com Alexandre Gallo diz que ele é boa pessoa, trabalha bastante. Mas, pelos sinais até agora emitidos, o famoso “vestiário” está divido, a diretoria está descontente e o torcedor emputecido.

Se Gallo ficar, terá muito trabalho para contornar todos estes problemas e deixar o time com um mínimo de espírito de competitividade.

Se sair, o Londrina recomeça tudo da estaca zero, mais uma vez, e deverá bater o recorde mundial de troca de técnicos em um semestre.

Qual a melhor solução?

Compartilhe

Escrito Por

Leia Também

Paris 2024: Brasil busca vaga no revezamento misto da macha atlética

A seleção brasileira de atletismo disputa neste domingo (21)  o Mundial de marcha atlética por...

Boxe: Brasil fatura 2 ouros e 3 pratas em 1º evento da Word Boxing

O boxe brasileiro subiu sete vezes ao pódio – em duas vezes com medalha de...

LEC Futmesa leva botonista ao lugar mais alto do pódio

A equipe do LEC Futmesa disputou a 3ª etapa do Campeonato Paranaense no último sábado...

Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEC TV

Londrina x Coritiba - Melhores momentos
Londrina x Coritiba - Melhores momentos
07:33