VARiável

0
14

O Brasil é único país no qual a imagem não vale mais que mil palavras

Foto: Fernanda Luz/AGIF
Marinho sofre uma falta que virou pênalti, após consulta ao VAR. (Foto: Fernanda Luz/AGIF)

44° minuto do segundo tempo e uma falta na lateral, QUASE dentro da área para o Santos, cartão amarelo para Braian Romero, do Athletico.

De repente o VAR para confirmar a marcação, não, mas para alterar e transformar falta em penalidade máxima. O cartão de Romero é anulado, pois além de passar a mão, punir o jogador seria muita crueldade. Depois subiu a placa de +8, que virou +10. Até virar? Não deu.

– Foi castigo pelo pênalti não marcado contra o Grêmio na Copa do Brasil -, esbravejou o torcedor gremista. Porém naquele caso, o assoprador decidiu não assinalar a penalidade, não transformar falta em pênalti.

[email protected]

twitter.com/adredusan

Deixe uma resposta