Parecia tudo tranquilo, mas a reação da equipe do Cianorte deixa a disputa viva!

0
46
Fotos: Diego Menegon/Cianorte FC


Por Gabriel Gonçalves

O Coritiba venceu o Cianorte neste domingo no estádio Albino Turbay. A partida foi marcada por inúmeros erros que resultaram em gols. O time do capital vai ter a vantagem do empate no jogo da volta, mas a equipe do Cianorte ainda está viva na competição.
1° Tempo
O jogo iniciou com uma troca de passes dos dois times. Ambos resolveram assustar em alguns momentos usando as laterais como alternativa de ataque, mas sem nenhuma efetividade. Mas a partida começou a mudar depois de uma falta para o Coxa – obviamente pela lateral – que resultou em um cruzamento de Patrick Vieira para o gol de Willian Matheus, depois de uma bobeada tremenda da zaga do Cianorte.
Após o primeiro gol tudo foi ladeira abaixo. O segundo gol surgiu depois de outra bobeada. Dessa vez o lateral do Cianorte – tentou inverter o jogo para a zaga – um erro crasso que aprendemos ainda quando começamos a dar os primeiros passes no futsal. Houve mérito, óbvio, de Tiago Lopes, que avançou com velocidade e deixou, com um belo toque de calcanhar, para Gabriel marcar para o Coxa.
E adivinha como foi o terceiro gol? Outra bola parada para Patrick Vieira cruzar e Willian Matheus cabecear LIVRE – outro erro, que novidade- no primeiro tempo faltou mais trabalho no meio campo por parte das duas equipes – Não se engane pelo placar, as duas equipes jogaram mal.
2° Tempo
O Segundo tempo começou como um plágio do primeiro tempo – com trocas de passes das equipes – mas, depois de um chutão do goleiro do Cianorte, a bola sobrou para Pelezinho marcar um GOLAÇO logo no inicio da etapa final.
A equipe do Cianorte estava mesclando um jogo recuado e ao mesmo tempo avançado, algo estranho no mundo futebolístico. Mas a dificuldade para equipe do interior em trocar passes foi algo inacreditável, a bola sobrou inúmeras vezes para o meio campo do Coxa trabalhar a bola, por sorte sem nenhuma conclusão excelente.
Poucos momentos antes de o atacante Igor Jesus sair, ele levou cartão amarelo e não jogará a partida de volta.
O jogo ficava melhor quando Pelezinho trabalhava a bola, sempre conseguindo uma falta ou escanteio para um cruzamento na área – na maioria das vezes sem perigo algum.
Nathan Silva levou cartão amarelo. Será que os jogadores já estavam cantando a vitória para o jogo da possível final? Tudo indica que sim.

E em uma dessas quase que Pelezinho marca um gol de falta – por sorte a bola não entrou, mas logo depois saiu o segundo gol do Cianorte, depois de um lançamento para Pelezinho chutar ao gol para uma defesa linda de Muralha, mas a bola sobrou para Lucas que tocou para França colocar a pelota para dentro – nunca cante a vitória antes da hora!
Cianorte começou a empolgar e a jogar corretamente, com contra-ataques perigosos.
Por incrível que pareça, o zagueiro Rhodolfo também levou cartão amarelo, e adivinha? Também não vai jogar a partida de volta. Realmente os jogadores estavam se poupando para a final, mesmo sem ter garantido a vaga.
O atacante Sassa entrou na etapa final e quase marcou depois de uma bela jogada individual. Nos últimos segundos do jogo o Cianorte quase marcou. O placar de 2 x 3 deixa a equipe do Cianorte viva para o jogo de volta no Estádio do Couto Pereira.
DESTAQUES
Cianorte – Pelezinho
Coritiba – Willian Matheus

Deixe uma resposta