Os diversos pisos e seus encantos

quadra de tenis saibro

Por Edson Ferracini

Hoje na academia me perguntaram o “por quê” do circuito de tênis ter a velocidade e quiques semelhantes nas quadras – mesmo com superfícies diversas: duras, saibro e grama.

O motivo é difícil responder – mas só me vêm à cabeça a questão financeira que envolve patrocínios, direitos de TVs e afins.

Mas sobre como ficou MENOS atraente posso opinar.

A graça maior do jogo era a diversidade na velocidade dos pisos. Duras e grama rápidos de verdade, saibro lento.

Hoje dos 14 maiores torneios do mundo, os quatro Grand Slams, os nove Masters 1000, e o Masters Finals – nenhum dos pisos é rápido e tem quique baixo como antes, nem nas quadras cobertas, como no masters de Paris Bercy e no Finals de Turim.

Para deixar o jogo mais lento nas duras, passam várias mãos de tinta, e ultima mão com areia. Em Miami, por exemplo, a quadra fica tão lenta que parece o piso de Monte Carlo que é disputado em saibro pesado e ao nível do mar.

Difícil é tentar explicar o porque do piso de Wimbledon ter ficado tão mais lento que Halle na Alemanha, um torneio menor, também disputado na grama, mas onde a bolinha continua andando rápido e com o quique mais baixo como ERA na grama sagrada. Em Londres, atualmente, até spin está pulando alto e soltando poeira rsrsrs… Algo inimaginável na grama.

Bem, pelo que sei a grama é cortada a 8 milímetros na época do torneio que é no finalzinho da primavera e inicio de verão. Durante o inverno, para preservar, deixam a grama a 12 milímetros. Pela lógica, observando o piso menos veloz, parece que a grama, durante o torneio, foi cortada acima dos 8 milímetros que dizem ter.

Penso, também, que poderia ser pelo aumento no diâmetro/superfície das bolas Slazenger, utilizadas há muitos anos no torneio, e na teoria ideal para quadras rápidas. Este raciocínio das bolas serve, também, para os Slams das hard, US Open e Austrália Open, onde são usadas as Head ATP, teoricamente ideais para o cimento rápido. Só que o jogo é bem mais lento que antes.

Tentando exemplificar: na época da diversidade o confronto de 34 jogos entre Sampras vc Agassi, Sampras venceu 20 e as principais decisões. O piso era bem mais rápido que hoje. Arrisco a dizer que com os pisos atuais o head to head entre os dois astros seria o contrário.

Compartilhe

Escrito Por

Leia Também

Futsal feminino do LEC perde na estreia do Paranaense

A equipe do Londrina Futsal Feminino enfrentou na noite desta quarta-feira (17), no Ginásio Unopar/...

LEC Bristlebacks vence e lidera Paranaense

Por Mateus Dias No último Domingo, a equipe do LEC Bristlebacks, escreveu mais um capítulo...

Conselheiros do Londrina aprovam SAF com Squadra Sports

Na manhã deste sábado (20), em Reunião Extraordinária realizada na sede administrativa do Estádio Vitorino...

Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEC TV

Londrina x Coritiba - Melhores momentos
Londrina x Coritiba - Melhores momentos
07:33