O jumento criou asas e voou

0
104

Mazola foi demitido após nove partidas, com duas vitórias, um empate e seis derrotas, quatro seguidas.

Mazola Júnior não é mais técnico da barca alviceleste. (Foto: Gustavo Oliveira/LEC)

por Adriano Santiago

Provavelmente o gestor do LEC, estava assistindo o Globo Rural. Viu alguma matéria sobre equinos e rememorou a famosa frase “Só não vi jumento voar”. Então decidiu dar asas ao autor da pérola.

Mazola Júnior chegou com árdua missão de salvar o Tubarão do rebaixamento, mas ao ver o que material que tinha em mãos, demonstrou conformismo com a situação e parecia aceitar a iminente queda.

Começou com uma vitória diante do Cuiabá, fora de casa. Parecia que ia engrenar, mas não foi o que aconteceu. Teve o episódio das “porcarias”, quando o Sérgio Malucelli desabafou sobre a qualidade do jogadores, após uma derrota vexatória diante dos reservas do Operário(PR).

Enfim, o desconhecido técnico não conseguiu “ajeitar” o time, se é que existe como. O catado que atua com a camisa alviceleste precisa voltar pra base, aprender fundamentos e somente um milagreiro pode fazer algo pelo time.

O santo de Mazola Júnior não era tão forte e ele foi demitido neste domingo (10), após quatro derrotas seguidas e nenhum sinal de recuperação da equipe. O novo candidato a entidade é Silvinho Canuto, técnico do Sub-19 e ex-jogador do Tuba. O VEC deseja sorte ao novo comandante, pois ele vai precisar.

Silvinho Canuto, novo comandante alviceleste (Foto: Gustavo Oliveira/LEC)

Deixe uma resposta