Levou linguiça

0
87

Na capital nacional da linguiça, Londrina é goleado pelo Bragantino

Londrina sofreu uma dura derrota em Bragança Paulista/SP (Foto: Gustavo Oliveira/LEC)

Por Adriano Santiago

Vitaminado pelo milhões da Red Bull, o Massa Bruta atropelou o Londrina pelo placar de 4×1. Além da elástica contagem, o time de Bragança Paulista cansou de perder oportunidades contra um apático Tubarão. Atuando de maneira mais defensiva, Claudio Tencati apostou as fichas na velocidade de Paulinho Moccelin e Luidy e deixou o atacante Pirambu no banco.

A tática não surtiu efeito e logo aos 11′ da primeira etapa o Braga marcou com Claudinho, de falta ao estilo R10 contra a Inglaterra. Sem reação o LEC levou o segundo aos 19′, em um rebote que Morato estufou as redes. O time londrinense ainda teve duas boas oportunidades de diminuir, mas desperdiçou com Moccelin e Higor Leite.

No intervalo, Tencati troca Moccelin por Léo Passos e o goleiro Cesar por Albino. Porém as alterações não mudam o panorama da partida. Aos 24′ sai Germano para a entrada do atacante Matheusinho, em uma tentativa diminuir o prejuízo, que iria aumentar em logo em seguida.

A torcida paulista gritava “olé”, quando aos 30′ o zagueiro Alviceleste Léo tirou a bola em cima da linha, mas com a mão. Pênalti e expulsão do defensor londrinense. Matheus Peixoto bateu a penalidade e anotou o terceiro do Bragantino, para a alegria dos 5.292 pagantes que compareceram ao Nabi Abi Chedid (Nabizão).

Aos 35′ Léo Passos arrancou e foi derrubado na área. Ele mesmo cobrou, o goleiro chegou a defender mas o próprio Léo aproveitou o rebote, diminuindo para o Londrina, agora 3×1. O Alvinegro de Bragança já “cozinhava” a partida, quando aos 47′ fez o quarto gol com Robinho e fechou a tampa do caixão Alviceleste.

Após o vexame, um abatido Claudio Tencati falou que a tática adotada não deu certo, algo meio obvio. E relativizou o placar dizendo que os quatro gols sofridos não retratavam o jogo. Também retomou o discurso de reação e pediu o apoio da torcida, para o time superar o difícil momento que atravessa.

A vida segue, e o Tubarão encara o Sport na terça-feira, 24, às 19h15 no Estádio do Café. Uma vitória é fundamental para fugir da ZR, que está cada vez mais próxima. Somente quatro pontos separam o LEC – 13° posição com 28 pontos – do Vila Nova(GO), que abre a zona de rebaixamento com 24 pontos.

Melhores momentos – TVLEC/Youtube

[email protected]

Deixe uma resposta