Flamengo x Atlético Mineiro, um jogo para irritar fãs de Carille

1
110
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

por Cláudio Osti

O Brasileirão 2020, atrasado, complicado pela pandemia, sem torcedores na arquibancada, está cheio de incertezas certo?

Certíssimo.

Mas se tiramos como exemplo o jogo entre Flamengo x Atlético Mineiro, no Maracanã, pelo menos entre as quatro linhas a competição pode ser bem atrativa.

A contrário da decisão do Paulista entre o Palmeiras e o Corinthians, que só teve emoção mesmo em pouquissimos lances, foi um baita jogo.

Duas equipes jogando pra cima, mostrando várias alternativas, realmente com vontade de ganhar. Uma partida para deixar neuróticos os fãs de Carille e Celso Roth.

O 1 a 0 – gol contra de Felipe Luiz, ainda aos 23 minutos do primeiro tempo, no dia do seu aniversário – não mostrou o que foi o jogo. Poderiam ter saído vários gols, o que seria bem mais divertido.

O técnico Sampaoli, do Atlético Mineiro, mostrou que realmente não tem preguiça de colocar seus jogadores pra pressionar o adversário seja lá em que campo for. Com um elenco muito do mais ou menos, no ano passado, conseguiu levar o Santos a conquistar o vice-campeonato brasileiro. Agora, com a equipe mineira, ainda se arrumando depois da volta, mostrou que está de novo na briga.

O Flamengo, forte como no ano passado, passou um sufoco danado em pleno Maracanã.

Apesar da mudança de técnico, o time continua com a fome de vitória. A saída de Jorge de Jesus, obviamente, vai provocar algum desconforto, mas a aposta, o técnico espanhol Domènec Torrent, pode ter sido acertada. O novo treineiro – que por mais de uma década foi assistente de Pepe Guardiola – mostrou que gosta do time no ataque. Apesar de não ter feito muitas mudanças táticas em relação ao que o time vinha praticando – o que fez bem – pode conduzir o Flamengo para mais um ano bem agradável, para eles.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta