E deu o de sempre. Rotina, LEC perde para o Atlético (Go)

1
83

Impressiona como o Londrina Esporte Clube entra em campo e raramente dá a esperança ao torcedor de que pode vencer o adversário.

O jogador Aylon comemora gol contra o Londrina(Foto: Carlos Costa/Futura Press/Folhapress)

Hoje, em Goiás, contra o Atlético, foi mais uma vez assim. O time parece não ter força, não ter ânimo, não ter vontade. É uma equipe sem gana de ganhar. Mesmo estando correndo sérios riscos de ser rebaixado para a série C, não há apetite pela vitória. Passa a impressão que jogou a toalha.

Não foi lá um grande jogo. Mas o Atlético mostrou pelo menos mais vontade. Frequentando o grupo dos quatro times que estão mais próximos de subir para a elite do Brasileirão, os goianos foram pra cima e pressionaram o primeiro tempo inteiro. O goleiro do Londrina, César, fechou o gol. Pegou até pênalti.

O desastre veio no segundo tempo. Aos dois minutos Aylon escorou de cabeça um cruzamento que veio da direita abrindo o placar. César não teve como evitar.

Atrás no placar, o Londrina tentou, desordenadamente, pressionar o Atlético. Com pouco sucesso. O fato é que o Tubarão não tem um meio campo que consiga arredondar a bola para o ataque buscar a finalização. Leo Passos, que é bom atacante, não recebe uma bola digna para chamar de sua.

Aos 43 do segundo tempo, numa cobrança de lateral dentro da área do Atlético, a bola pipocou pra todo lado, o atacante Uelber que acabara de entrar, apavorou o goleiro Kozlinski e na dividida se perdeu e fez contra.

O empate seria um prêmio sem merecimento para o Londrina. Mas o divino, aquele que tudo vê, não deixou. Dois minutos após o empate, bola na área do Londrina, o goleiro César saiu mal, tocou na bola, mas sem força, a pelota caiu na cabeça do atacante Rodrigo Rodrigues, que guardou no fundo da rede.

Se o Figueirense vencer hoje o o Vila Nova, em Florianópolis, sai da zona de rebaixamento e empurra o Londrina para a lista da degola.

O Londrina recebe o América Mineiro no Estádio do Café, nesta sexta-feira (8), às 20h30.

Enquanto o Atlético Goianiense viaja para Maceió para encarar o CRB, neste sábado (9), às 19h.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta