CBF conversa com Pia Sundaghe para substituir Vadão na seleção feminina

0
207

Bicampeã olímpica com os Estados Unidos, a treinadora sueca já sinalizou positivamente ao convite

Por: Junior Azevedo

Bicampeã olímpica com a seleção feminina dos Estados Unidos, a treinadora sueca Pia Sundaghe pode assumir o lugar de Vadão na seleção brasileira feminina de futebol. Atualmente no sub-16 da Suécia, a treinadora já sinalizou de forma positiva com o convite realizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). As informações são do blog da Gabriela Moreira, do Globo Esporte.

As conversas se iniciaram através do presidente da CBF, Rogério Caboclo, sem consultar o coordenador da seleção feminina, Marco Aurélio Cunha. O mesmo está ciente da possível troca, mas não vem participando das negociações. A treinadora sueca e Caboclo se aproximaram no início deste ano, quando Pia participou de um seminário sobre futebol feminino no Rio de Janeiro à convite da CBF.

Após a eliminação para a França nas oitavas de finais, Caboclo teve o primeiro contato com Pia Sundaghe, e ela sinalizou positivamente com o projeto. Nos bastidores da CBF, é um consenso que o cenário do futebol feminino brasileiro é de mudanças. A tendência é que a treinadora sueca assine um contrato longo para revolucionar o futebol brasileiro.

Apontada como uma das maiores treinadoras da história, Pia foi bicampeã olímpica com os Estados Unidos em Pequim (2008) e Londres (2012). Nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, surpreendeu o mundo após eliminar as americanas nas semifinais e ficar com a medalha de prata após derrota para a Alemanha na grande final. A expectativa de Caboclo e a cúpula da CBF é que a sueca aceite o convite ainda nesta semana.

Fale com o jornalista: [email protected]

Me sigam nas redes sociais:
Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta