Brasil perde de lavada da Polônia e fica fora do pódio na Liga das Nações

0
63

Seleção brasileira é totalmente dominada pela nova geração polonesa e fica fora do pódio pelo segundo ano consecutivo

Por: Junior Azevedo

Após perder para os Estados Unidos, no tie-break, pelas semifinais da Liga das Nações, os atletas brasileiros comentaram em entrevistas, que iriam com tudo em busca da primeira medalha da seleção no “novato” torneio da FIVB (Federation International de Volleyball). Porém, o Brasil foi massacrado em quadra pelo jovem time polonês.

A Polônia ficou com o bronze após vencer o Brasil por 3 sets a 0, com parciais de 25/17, 25/23 e 25/21 em Chicago (EUA). Pelo segundo ano consecutivo, a seleção brasileira fica fora do pódio da competição. Com partida inspirada do jovem polonês Bartosz Bednorz, de 23 anos, o Brasil não teve chances.

Foto: (Reprodução/FIVB)

A seleção comandada pelo técnico Renan Dal Zotto só conseguiu equilibrar o segundo set. Nos outros, os poloneses lideraram o placar, praticamente por todos os sets. Com força máxima, o Brasil ficou abaixo, devido as atuações nem tanto inspiradas, de Lucarelli, Wallace e do cubano naturalizado, Leal, que haviam sido os destaques nas outras fases.

Melhor seleção da primeira fase da competição, a seleção brasileira não conseguiu apresentar o mesmo nível na fase final da Liga. Agora, a seleção inicia o preparatório para o Pré-Olímpico de Vôlei, torneio classificatório para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

O Pré-Olímpico mundial, será realizado na Bulgária entre os dias 9 e 11 de Agosto. Atual campeão olímpico, o Brasil está no Grupo A, com os anfitriões, Egito e Porto Rico. Para garantir a vaga em Tóquio 2020, o Brasil terá que ser o campeão do grupo.

Antes do Pré-Olímpico, a seleção participará dos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. Para esta competição, o Brasil utilizará apenas jovens jogadores e será comandado pelo assistente Marcelo Fronckowiak.

FINAL

Foto: (Reprodução/FIVB)

Na grande final da Liga das Nações, a Rússia sagrou-se bicampeão da competição ao bater os Estados Unidos por 3 sets a 1, com parciais de 23/25, 25/20, 25/21, 25/20. Com apenas duas edições, os russos são soberanos na Liga das Nações. Agora, Rússia e Estados Unidos também focarão no Pré-Olímpico da Bulgária.

Os russos estão no Grupo E, junto com Irã, Cuba e México. Já os Estados Unidos estão no Grupo B, com Bélgica, Holanda e Coreia do Sul.

Fale com o jornalista: [email protected]

Me sigam nas redes sociais:
Facebook
Twitter
Instagram

LEIA MAIS: Brasil perde para os EUA no tie-break e dá adeus as chances de título na Liga das Nações

Deixe uma resposta