Braço Curto comemora vitória no Sertões 30 anos

Paulo Marcondes e Ricardo Medeiros-4

Paulo Marcondes e Ricardo Medeiros Jr vencem na categoria PRB

A Braço Curto, a única equipe do Paraná a participar da competição, completa mais uma edição dos Sertões comemorando muito a vitória na categoria PRB. Paulo Marcondes e Ricardo Medeiros Junior venceram com seis horas de vantagem sobre o segundo colocado, depois de enfrentar quebras e até abandono de etapas.

Hora de comemorar. Paulo Marcondes e Ricardo Medeiros campeões da categoria PRB

A participação no maior rally do mundo trouxe mais experiência para a equipe que já tinha concluído outros cinco Sertões. Neste ano o nível de dificuldade superou as expectativas com especiais longas e exaustivas, que exigiram muito dos pilotos, navegadores e de toda a equipe técnica. Os danos aos equipamentos colocaram à prova mecânicos e engenheiros em intermináveis madrugadas de trabalho. A complexidade dos trechos, com navegações cheias de malícia, exigiu a afinação das tripulações, seus conhecimentos e resiliência. A todo momento foi preciso muita cabeça fria para resolver situações críticas sem perder a capacidade competitiva. A velocidade deu o tom em grande parte da competição e assim os riscos sempre estiveram por perto.

Mario Marcondes e Artêmio Pauluci tomaram a decisão mais difícil para uma dupla. Abandonar para não causar um dano irreparável no motor do protótipo que apresentava desgaste, com alto consumo de óleo. Defeito que será avaliado junto à fabricante do equipamento.

Com muita persistência, Luiz Manara e Léo Telles, superaram várias quebras e especiais sem concluir para conquistar a segunda posição na categoria PRT. Foram momentos de escolhas complicadas, onde a experiência de duas outras participações da dupla ajudou a acertar nas decisões.

Como participante especial na equipe, Youssef Haddad – o único na competição a navegar e pilotar sozinho – chegou em segundo na PT2 e em décimo na classificação geral. Haddad escolheu a equipe de Londrina para o apoio técnico e logístico pelo profissionalismo da Braço Curto.

Claudio Leoni, estreante como piloto no Sertões, chegou em terceiro lugar na SPD ao lado de Joel Kravtchenko.

A Braço Curto percorreu os mais de sete mil quilômetros, nos 15 dias de competição, com uma equipe formada por 32 profissionais nas mais diferentes atividades. A estrutura se deslocou com uma carreta cegonha, um caminhão baú, uma van e mais quatro carros de apoio, além dos carros na disputa.

O Sertões 30 anos deixou lições importantes para todos na equipe. Agora a Braço Curto vai seguir o seu trabalho, visando as próximas competições, com sua oficina própria, almoxarifado e escritório administrativo.  

 A Braço Curto

A primeira vez que a Braço Curto participou do Rally dos Sertões foi em 2017.

Inscrita em três categorias, a Braço Curto, terá dois protótipos na elite da competição. 

As duplas Mario Marcondes (piloto) e Artêmio Pauluccdi (navegador), Luiz Manara (piloto) e Leonardo Telles (navegador), competem na Protótipos. 

Na Super Production estão Cláudio Leoni (piloto) e Joel Kravtchenko (navegador) e Paulo Marcondes (piloto) e Ricardo Medeiros (navegador).

E Haddad Youssef compete na Production T2

Compartilhe

Escrito Por

Leia Também

Conselheiros do Londrina aprovam SAF com Squadra Sports

Na manhã deste sábado (20), em Reunião Extraordinária realizada na sede administrativa do Estádio Vitorino...

Londrina estreia nesta segunda na Série C decidido a subir para a B

por Rodolpho Pinduca Agora é pensar na série C, mas aspirando subir para a B...

Futsal feminino do LEC perde na estreia do Paranaense

A equipe do Londrina Futsal Feminino enfrentou na noite desta quarta-feira (17), no Ginásio Unopar/...

Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEC TV

Londrina x Coritiba - Melhores momentos
Londrina x Coritiba - Melhores momentos
07:33