Athletico não toma conhecimento do Grêmio e está na final da Copa do Brasil

0
21

Nikão e Marco Ruben fizeram os gols do Atlético Paranaense que levou a decisão da vaga para a final da Copa do Brasil com o Grêmio para os pênaltis.

Mas foi o goleiro Santos que se transformou no herói da partida ao defender a quinta cobrança de pênalti feita por

Não foi uma tarefa fácil. O badalado Grêmio havia vencido a primeira partida em Porto Alegre por 2 a 0 diante de um Athletico apático e sem iniciativa. Hoje o medo de todos os atleticanos era de que o rubro-negro repetisse o marasmo e saísse da Arena da Baixada com uma derrota desonrosa.

Não foi o que aconteceu. Em mais uma partida daquelas que se guarda por muitos anos na memória, o Athletico fez o que poucos acreditavam: foi pra cima do Grêmio com tal intensidade que praticamente não permitiu que os gremistas fizessem qualquer movimento mais perigoso durante toda a partida. Desde o primeiro minuto os jogadores do tricolor gaúcho demonstravam que não queriam jogo. Faltas, escanteios, laterais, tudo era motivo para fazer cera. Nem de longe o Grêmio foi o time que incomoda os adversários em qualquer campo. A equipe comandada por Renato Gaúcho pagou pra ver, e viu.

Já o Athletico não perdeu um segundo sequer e foi para a pressão sem dó. Aos 17 minutos Nikão aproveitou uma bola que sobrou pra ele depois de um rebote fora da área do Grêmio.

Os gaúchos não conseguiram reagir.

No segundo tempo o Athletico voltou pressionando ainda mais. Na beira do gramado o técnico Tiago Nunes gritava o tempo todo para o time ir pra cima. A pressão acabou resultando na expulsão do zagueiro Kannemann, do Grêmio, que fez falta violenta para parar um contra ataque do rubro-negro.

Pouco depois Marco Ruben, de cabeça, fez dois a zero e a peleja foi para os pênaltis.

Bola na marca da cal, tensão máxima. O Athletico converteu suas 5 cobranças. O Grêmio perdeu a última cobrada por Pepe.

Athletico Paranaense da final da Copa do Brasil 2019.

Deixe uma resposta