45 mil recepcionam Daniel Alves no Morumbi

0
12

Os quase 45 mil são-paulinos presentes ao Morumbi na noite desta terça-feira (6) viveram, certamente, um momento mais que especial. Eles chegaram cedo: às 18h já começavam a ocupar o estádio. Gritaram, cantaram e comemoraram ídolos do presente e do pesado até que, precisamente às 20h55, quando Daniel Alves subiu as escadas do vestiário e pisou pela primeira vez no gramado do “Cícero Pompeu de Toledo”, a galera explodiu de vez!

Sob intenso foguetório e pirotecnia, o lateral-direito, que fora recebido pelo anfitrião Hernanes, saudou a torcida, logo de cara: “O São Paulo não contratou apenas um jogador, contratou um torcedor assim como vocês! Não sei como agradecer esse momento, mas eu prometo retribuir com a mesma entrega com que vocês estão me recepcionando hoje. Espero que juntos possamos devolver a alegria de fazer história com o São Paulo. Juntos, vamos fazer”!

Kaká, o primeiro convidado especial da noite, apresentou e deu a camisa 10 ao craque recém-contratado, que, emocionado, falou mais uma vez à torcida: “Não deixem de acreditar no seus sonhos, porque agora, depois de ter rodado o mundo, é a primeira vez que eu visto a camisa do clube que eu torço! Por isso é uma emoção indescritível! Um dia eu sonhei com esse momento, e esse momento chegou!

Enquanto vestia o novo uniforme, a torcida, em peso, cantava em memória ao Grande Mestre: “Olê, olê, olê, olê! Telê, Telê! Porém, mais ainda estava por vir. Na sequência o estádio veio abaixo aos sons de “Luissss Fa-bi-a-no!”. O ex-centroavante do Tricolor, trajado com o uniforme nº 2 que será usado por Dani, foi o próximo convidado de honra a tomar parte na cerimônia. No telão, foi exibida mensagem que Daniel Alves havia enviado aos tricolores na ocasião da despedida do camisa 9, em 2015.

A série de homenagens e palavras de incentivo a Dani, em nova fase na carreira, foram concluídas, também através de vídeos nos telões, com as participações de Casemiro, Suarez, Messi, Cristiane, Miranda e do novo colega Juanfran.

Assim, só faltava a Daniel Alves uma coisa: se integrar à imensa torcida são-paulina – tanto aos 44.268 torcedores dentro do Morumbi, quanto aos mais de 200 mil que assistiram a transmissão do evento via SPFCtv, ou, em verdade, aos 18 milhões de tricolores por todo mundo. E melhor forma para isso, um sinal de máximo respeito, foi sentir a energia do São Paulo Futebol Clube com os pés descalços sobre o escudo tricolor!

*Da Assessoria

Deixe uma resposta